Comércio entre a China e países de língua portuguesa atingiu 133 biliões de dólares em 2014

0
35
Comércio entre a China e países de língua portuguesa atingiu 133 biliões de dólares em 2014

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa em 2014 atingiu 132,58 biliões de dólares, um acréscimo de 0,85% relativamente ao valor registado em 2013, de acordo com dados dos Serviços de Alfândegas da China divulgados em Macau.

 Tal valor resultou de importações por parte da China no montante de 86,43 mil milhões de dólares (menos 1,19%) e exportações chinesas para os oito de língua portuguesa no valor de 46,14 mil milhões de dólares (mais 4,91%).

 A maior parte das trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa ocorreu com o Brasil e com Angola que, em conjunto, foram responsáveis por 123,97 mil milhões de dólares ou 93% do total.

 Com o Brasil, o principal parceiro comercial da China em termos mundiais, o comércio ascendeu a 86,90 mil milhões de dólares (menos 3,29%), com vendas brasileiras no valor de 51,97 mil milhões de dólares (menos 3,15%) e vendas chinesas no montante de 34,92 mil milhões de dólares (menos 3,49%).

 Angola surge em segundo lugar com um comércio bilateral de 37,07 mil milhões de dólares (mais 3,23%), que resultou de vendas angolanas de 31,09 mil milhões de dólares (menos 2,67%) e vendas chinesas de 5,97 mil milhões de dólares (mais 50,73%).

 No terceiro lugar por ordem de importância aparece Portugal com trocas comerciais no valor de 4,8 mil milhões de dólares (mais 22,88%), em que 3,13 mil milhões de dólares (mais 25,15%) correspondem a vendas chinesas e 1,66 mil milhões de dólares a exportações portuguesas (mais 18,81%).

 Moçambique encontra-se no quarto lugar com um comércio bilateral no montante de 3,62 mil milhões de dólares (mais 119,79%), em que 1,96 mil milhões de dólares (mais 64,55%) representam exportações chinesas e 1,65 mil milhões de dólares (mais 266,37%) vendas moçambicanas.

 Os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – registaram um comércio com a China no valor de 184 milhões de dólares.