Comendador SP Pereira retoma projecto de instalar Centro de Dia para Idosos na União Portuguesa

0
69

A convite de um grupo de amigos, o comendador SP Pereira participou na quarta-feira no habitual almoço semanal de convívio no Restaurante da União Portuguesa, colectividade da qual é sócio honorário e foi presidente da Assembleia Geral mas que não visitava há duas décadas, devido a diferendos com dirigentes de então.

 Este gesto de reconciliação teve palavras de boas-vindas ao benfeitor, profe-ridas durante o almoço de convívio pelo presidente da Direcção da União, Vi-tor Garrana, e pelo presidente da Assembleia Geral, comendador José Valentim.

 Vitor Garrana, visivelmente satisfeito com o bom ambiente gerado pela presença do antigo dirigente, afirmou tratar-se de um dia muito especial para a colectividade, tendo salientado que o comendador SP Pereira seria sempre benvindo naquela casa.

 Idêntica saudação foi reafirmada pelo comendador José Valentim.

 Por seu turno, o comendador SP Pereira agradeceu o convite que lhe foi feito para o almoço, tendo depois recordado que “naquele tempo, eu e vários membros da Direcção, infelizmente muitos deles já cá não estão, dedicámos muitas horas de trabalho a este grande clube do sul de Joanesburgo, que pelas actividades desenvolvidas em prol da comunidade e pelo bom nome de Portugal foi agraciado com  a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique”.

 “O bom filho à casa torna disse Salvador Pais Pereira – e hoje sinto-me feliz por estar aqui convosco. O passado, já passou”.

 A finalizar a seu improviso, o comendador SP Pereira deixou a seguinte mensagem aos dirigentes da União Cultural, Recreativa e Desportiva Portuguesa: “Tive sempre o desejo de criar aqui um Centro da Dia para os mais idosos da nossa comunidade e, até na altura, já tínhamos plantas para o projecto. Tudo isso foi ultrapassado mas se precisarem de mim, eu cá estarei para ajudar”.

 O encontro continuou num ambiente muito amigável entre todos os presentes.

  O almoço foi precedido por uma visita do comendador SP Pereira à secretaria, ao salão de festas e ao pavilhão desportivo da União Portuguesa, que ainda hoje é considerada como o maior clube da comunidade no sul de Joa-nesburgo.