Comendador Horácio Roque é o novo presidente da Assembleia Geral da Câmara de Comércio

0
73
Comendador Horácio Roque

Comendador Horácio RoqueO comendador Horácio Roque é o novo presidente da Assembleia Geral da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola (CCILE), cujos corpos gerentes tomaram posse para um mandato de quatro anos na Embaixada de Espanha em Portugal, numa cerimónia a que esteve presente o embaixador espanhol em Lisboa, Alberto Navarro, que cedeu as instalações para o efeito.

O acto foi presidido pelo presidente cessante da Assembleia Geral, Victor dos Santos (Cintra), tendo sido empossada a nova Direcção, presidida por Enrique Santos, e que conta com três vice-presidentes Nuno Amado (Santander), Alberto Charro (BBVA), Luís Sobral (Cepsa Portuguesa) e 21 directores que representam as grandes empresas de um amplo conjunto económico ibérico. O Conselho Fiscal é presidido por Miguel Gil (Mediacapital) e inclui dois vogais.

O novo presidente da AG, comendador Horácio Roque, agradeceu a amabilidade do embaixador Alberto Navarro em abrir as portas da sua residência para a tomada de posse dos dirigentes da CCILE, e desejou sorte e êxito a todos no desempenho das suas novas funções. O orador destacou o papel da CCILE tanto na sociedade portuguesa como na espanhola, enaltecendo o trababalho realizado ao longo dos anos pelos seus dirigentes.

Regista-se que a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola foi fundada em 1970 em Lisboa, e é uma organização privada sem fins lucrativos. Através a suas inúmeras actividades contribui para o fomento do intercâmbio comercial e económico entre Portugal e Espanha. Actualmente esta Câmara conta com cerca de 800 empresas associadas, entre as quais se encontram as principais empresas espanholas radicadas neste mercado e um grande número de empresas portuguesas que mantêm relações de intercâmbio comercial com Espanha. O embaixador Alberto Navarro, na sua intervenção, agradeceu o trabalho levado a cabo no dia a dia pelos dirigentes e todo o pessoal que trabalha na CCILE, desejando aos novos empossados quatro anos muito produtivos.