Cláudio da Câmara deixa Joanesburgo para ingressar no CS Marítino do Funchal

0
154
Cláudio da Câmara deixa Joanesburgo para ingressar no CS Marítino do Funchal

 Cláudio da Câmara deixa Joanesburgo para ingressar no CS Marítino do FunchalCláudio da Câmara é um luso-descendente nascido a 11 de Julho se 1993, que na primeira semana se Setembro vai partir para o Funchal para ingressar no Marítimo, equipa de Reservas, indo fazer companhia a João Carneiro, que ingressou mais cedo. no clube madeirense.

 Cláudio começou por nos dizer:
 “O meu primeiro contacto com as actividades desportivas foi a natação. Talvez por ter bons colegas na escola ou porque gostava ou então para fugir ao râguebi. E até conseguí conquistar algumas medalhas. Participei numa prova clássica da natação sul-africana, atravessar a nado um la-go, na distância de 1, 6 quilómetros. Tenho em casa várias medalhas e troféus conquistados.
 Só aos dez anos é que comecei a dar os meus pontapés na bola e comecei a gostar do futebol.

 Militei em vários clubes. Joguei na equipa estudantil do TUKS, depois estive na Southdowns Soccer Academy e há cerca de três anos ingressei no CS Marítimo de Joanesburgo durante três meses, antes de viajar até à Madeira, tendo jogado nas camadas jovens do União e mais tarde Porto da Cruz.”
 Qual a posição no terreno de jogo que mais prefere?
 “Gosto de ser avançado, jogando nas alas, ou seja a extremo. Tanto faz direito ou esquerdo. Depende do que o treinador decidir”
 Os três anos passados no Funchal foram positivos?

 “Posso afirmar que foi uma experiência onde ganhei conhecimentos, não só de futebol, como também cimentei boas amizades e tive a oportunidade de aperfeiçoar o meu português. Hoje falo fluentemente. Também ingressei e estou a terminar um curso de informática.”
 E a sua ida para o Marítimo do Funchal?
 “Durante a estadia do presidente Carlos Pereira aquí em Jonaesburgo, com os contactos de Joe Quintal ficou tudo ultimado e assinado. Sei que na primeira semana de Setembro farei parte da equipa de Reservas e está claro com aspirações de fazer uns jogos na turma principal, se o treinador precisar do meu contributo.”

 Teresa da Câmara, a mãe deste jovem jogador disse:
 “Sinto-me feliz com a decisão do meu filho e tenho a certeza que vai ser um bom profissional.”
 O pai, Alberto Câmara também afirmou: “Foi um grande passo para o meu filho ingressar no futebol profissional.
 Savana, a irmã apenas disse “Muitas felicidades Cláudio!”