Ciclistas de Pretória que se juntaram ao Luso África para mais uma prova da modalidade a Moçambique organizaram almoço de convívio na ACPP

0
88

Organizado pelos ciclistas de Pretória que irão participar na grande prova da modalidade entre Joanesburgo-Maputo, que anualmente é organizada pela secção que regula este desporto no Luso África, teve lugar na tarde do sábado, 29 de Setembro, um concorrido almoço no restaurante da ACP de Pretória, a que entre as várias presenças se conta-vam o conselheiro da embaixada de Portugal, Eduardo Rafael, os comendadores Es-tevão Rosa e Mário Ferreira, o presidente da ACPP, Mário Jorge, o presidente honorário desta mesma Associação, Manuel José, e várias outras pessoas que assiduamente comparecem aos almoços que semanalmente são servidos no restaurante designado por Continental, a operar nesta mesma colectividade lusa da capital.

 Assim e além de Américo Pimentel, marcaram ali presença neste convívio, os ciclistas de Pretória que o acompanham nesta grande prova, Miguel Coelho, Tony Serrão, Luís Jardim e Mário Ferreira Júnior, a que por motivos não se lhes puderam juntar o ciclista Rogério Furtado e o motorista que os acompanha a Maputo, Carlos Oliveira.

 Ao usar ali naquela tarde da palavra, Américo Pimentel saudou e agradeceu a presença de todos, especialmente dos ciclistas de Pretória que o irão acompanhar nesta grande prova, que em distância deve rondar os 640 quilómetros, aproveitando para saudar e dar as boas-vindas aos novos ciclistas Mário Ferreira Júnior e Luís Jardim, que pela primeira vez se juntam aos corredores de Pretória, para a disputa desta grande prova ciclista, com os fundos que possam vir a amealhar, destinados a apoiar a caridade.

 Nesse aspecto e digno de elogios, o facto de Américo Pimentel ali mencionar o donativo conseguido em idêntica corrida disputada no ano transacto, de 180.000 randes, entregue pelo presidente do Luso África, Joaquim Melo e o director do ciclismo desta mesma colectividade de Joanesburgo, à presidente dos Lusíadas de Pretória, Paula de Castro, no jantar de gala anual, destinado a apoiar o lar de idosos S. Francisco de Assis, que essa Associação de “Bem-Fazer” está a administrar na paróquia de Santa Maria dos Portugueses, em Pretória West, esperando como sublinhou, vir esse montante a ser ultrapassado este ano, para o que com essa finalidade pediu o suporte de todos os que ali conviviam.

 Com a partida de Joanesburgo na quarta-feira 3 de Outubro e chegada a Maputo três dias, é caso para enaltecer o empenho de Américo Pimentel e corredores que o acompanham, no contributo que procuram dar à beneficência, disso certamente lhe estando gratos os idosos da comunidade que disso beneficiam, na ajuda às suas necessida-des.

 Recorda-se a propósito que já no ano transacto a presidente dos Lusíadas, Paula de Castro, esteve presente na partida a 27 de Setembro, em Joanesburgo, dos ciclistas que pedalaram até a Maputo, na corrida intitulada “Suar Para Ajudar”, acabando esta Associação de “Bem-Fazer “ a que preside, por ser beneficiada com o donativo a que acima nos referimos, para assim poder continuar a ajudar os idosos da comunidade utentes do lar instalado na paróquia de Santa Maria dos Portugueses, em Luttig Street de Pretória West.

 Recorda-se que a anteceder a este almoço de convívio, foi pelo director da Academia do Sporting, em Rustenburg, João de Matos, e o treinador Paulo Fernandes, entregue lembrança ao presidente da Direcção da ACPP, Mário Jorge, traduzida num lindo relógio de parede, com o emblema e as cores leoninas, em reconhecimento ao facto de no campo da ACP de Pretória serem realizados como jogos em casa, todos os encontros disputados pelas equipas de Rustenburg, nas manhãs de sábado, durante a disputa dos campeonatos nas categorias jovens em que esta representação sportinguista esteve envolvida, na temporada agora terminada.