Ciclismo do Luso África em destaque e prepara-se para o “tour” Joanesburgo Maputo

0
112
Ciclismo do Luso África em destaque e prepara-se para o “tour” Joanesburgo Maputo

Tino Garcia, foi nomeado por unanimidade, presidente da Divisão de Ciclismo AGM, num Congresso que o elegeu no princípio do ano. Tino Garcia mantém a posição pelo segundo ano consecutivo.

 O seu principal  objectivo é aumentar o número de associados do clube, dando especial atenção às classes mais jovens e também ao sector feminino. No uso da palavra afirmou:

  "Nós aspiramos a ter um um grupo de ciclistas que englobe todas as faixas etárias e classes".

 O número de associados  do   clube tem aumentado de ano para ano. O membro mais novo da nossa associação tem apenas 16 e os mais velho, é um “jovem” que conta  com 78 anos de idade.

 É de enaltecer que o Ciclismo no Luso, tem agora duas equipas  a competir nas  corridas.

 Temos o time 50+, conhecido como a “Equipa Luso Panda” e a outra a “Equipa Júnior Vets”.

Estas duas equipas trabalharam  bastante e têm treinado regularmente para ter a garantia de que  permanecem na sua melhor forma.

 Apesar de se dedicarem afincadamente aos treinos,  nunca se equeceram do facto  de fazerem parte das actividades de aspecto social do clube.

 Embora muitos dos ciclistas não sejam de natureza competitiva continuam membros da equipa e participam nos “passeios” de ciclismo e noutras actividades importantes,  organizadas pelo clube.

 A sua inclusão é importante porque são a grande maioria dos associados do clube.

 A equipa 50+ tem uma vasta   experiência e muitos quilómetros sobre a sela das suas bicicletas.

 Entre eles, contam com um antigo ciclista profissional que chegou a envergar as cores do Springbok , e participou em várias provas, tais como a “SA Time Trial Champion” e era um especilaista nas corridas de pista, bem como um corredor de montanha.

 Com todos estes atributos pode-se agora compreender  porque é que a equipa está a conquistar lugares  e vitórias para atingir o podium.

 Até a esta altura, poderemos mencionar a conquista do 1ºlugar na prova do “Carnival City Challenge” que se realizou em Fevereiro e a terceira posição na Sondela Bela Bela Cycle Challenge (que se realizou no mês de Maio), façanhas de Jorge Faria.

 Na equipa “Júnior Vets”  temos de mencionar o segundo lugar alcançado na competição “Value Logistics The Fast One”, que se realizou em Janeiro e Paulo Contente foi o corredor que alcançou a segunda posição. O Clube de Ciclismo do Luso África sente-se orgulhoso destes feitos dos seus representantes.

 No tocante ao apoio social aos mais necessitados os ciclistas do Luso África decidiram associar-se à “Johannesburg Critical Mass Ride”.

 Esta organização foi fundada em 2007  e formada com a intenção de fazer regressar mais pessoas ao centro da cidade e, demontrar a viabilidade da bicicleta como um meio de transporte urbano, na zona centro de  de Joanesburgo e, nos arredores.

 Nesta competição qualquer indivíduo pode participar num circuito de cerca de 25 quilómetros, numa passada regular, com várias paragens pelo caminho.

 Não se trata de uma corrida de competição, mas de um “tour-circuito” que leva os ciclistas a pedalar pelo interior da cidade de Joanesburgo .

 Realiza-se à noite na última sexta-feira de cada mês , com diversas rotas.

A preparação para o “passeio-tour” que mais uma vez vai ligar as cidades de Joanesburgo e de Maputo, um evento que tem a duração de quatro dias já está a dar os seus primeiros passos.

 A prova, deste ano está programada para ciclistas com a idade compreendida entre os 40 e 50 anos.

 Espera-se que as obras das estradas que utilisaram no ano passado já estejam terminadas, pois foram um transtorno muito grande  para os ciclistas..

 Muitos ciclistas estão ávidos para fazerem parte do “tour”.

 Todos os interessados deverão contactar Joaquim Melo através do telemóvel 083 291 76 45, para informações mais detalhadas.

 Um dos critérios da corrida, é que os ciclistas consigam galgar numa média de 30 quilómetros por hora.

 Alternativamente, se estiver interessado em apenas fazer parte da “família ciclista do Luso África”, não hesite em contactar o clube.

 Os dirigentes informaram que contam com a vossa presença.

 Contacte o clube através do site: www.lusoafrica.org