CCILSA promove o 1.º Encontro de Empresários Portugal-SADC (Comunidade Económica da África Austral)

0
58

 O primeiro Fórum Portugal-SADC vai ter lugar na Faculdade de Economia da Nova, em Carcavelos, no próximo dia 30 de Maio, numa organização da CCILSA (Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana) e da CCIPA (Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola). Será o primeiro encontro de líderes do mundo empresarial de diversos países prontos para partilhar a experiência, o conhecimento e as oportunidades do potencial económico da SADC – Comunidade Económica da África Austral e a iniciativa pretende ser o início de um novo ciclo na forma como os empresários portugueses desenvolvem as suas estratégias de internacionalização.

  Trata-se de um fórum com conferências de valor acrescentado, com o objectivo de colocar em contacto actores económicos e políticos relevantes de ambos os lados, sensibilizando e disseminando conhecimento neste tema e reunindo empresários no sentido de identificar oportunidades concretas de negócio.

 Para além da promoção do mercado e informação sobre oportunidades de negócio, este evento será orientado para promover amplas oportunidades de networking entre os intervenientes portugueses e da SADC.

 A SADC-Comunidade Económica da África Austral é uma Zona de Comércio Livre com um mercado de 300 milhões de habitantes, com oportunidades ainda pouco exploradas por Portugal e com um crescimento do PIB de 3,7% nos últimos cinco anos, acima da média mundial e de Portugal. Um mercado com um enorme potencial para as empresas portuguesas, não apenas pela sua história e ligações culturais, mas sobretudo pelas oportunidades de investimento existentes, nos sectores industriais, dos serviços, transportes, construção, recursos naturais e agricultura.

 Este Fórum terá uma grande visibilidade internacional e contribuirá para promover as relações comerciais entre os países da SADC e Portugal. A SADC é o principal bloco de integração económica na África Austral, que inclui os seguintes 16 países: Angola, Botswana, Comores, República Democrática do Congo, Suazilândia, Lesotho, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seicheles, África do Sul, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwé.

 A zona de livre comércio da SADC é um mercado ainda por explorar por Portugal, apesar da sua vantagem competitiva, com as exportações portuguesas para esta região a representarem somente 3,3% do total e apenas 0,7% excluindo-se Angola.

 A massa crítica de Portugal em Moçambique e especialmente em Angola poderia ser alavancada para a região mais ampla da SADC, aproveitando assim os incentivos comerciais existentes dentro desta zona de livre comércio. Neste contexto, a CCILSA irá liderar uma conferência internacional de impacto em Portugal no sentido de promover as relações comerciais com estes países.

 Na sessão de abertura do Encontro, no dia 30 de Maio em Carcavelos, vão estar presentes o ministro português da Economia, Pedro Siza Vieira, o vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, Miguel Pinto Luz, o presidente da CCILSA, Tim Vieira, e o presidente CCIPA, João Traça. Falará como orador convidado Yunus Hoosen, director do Departamento de Promoção de Investimentos do Ministério do Comércio e Indústria da África do Sul.

 No 1.º painél, subordinado ao tema Oportunidades e Investimentos na SADC, participarão Jaime Esteves, sócio da PWC, Godfrey Johnson, COO da Kemcore, Fernando Costa Lima, docente da Universidade do Porto, António Nunes, CEO da Angola Cables, Nonhle Ndala, administradora do NN Group, e Helder Preza, presidente não executivo do Conselho de Administração da TAAG. O painél terá como moderadores Tim Vieira e João Traça.

 O 2.º painél, relativo a Experiências Empresariais no Mercado, conatrá com intervenções de Carlos Oliveira, sócio-gerente da LBC, Carlos Santos, CEO da Nuvi Group, José Carlos Beato, director-geral regional do Grupo Nabeiro, Paulo Oliveira, administrador delegado do Grupo Salvador Caetano, Saki Makozoma, administrador executivo da Saki Holdings e vice-presidente da Vodacom. Será moderadora Rosália Amorim.

 A sessão de encerramento deste Encontro terá a participação de Trevor Manuel, ministro das Finanças da África do Sul de 1996 a 2009, durante as presidências de Nelson Mandela, Thabo Mbeki e Kgalema Motlanthe, e subsequentemente ministro da Presidência do Conselho Nacional, e presidente da Comissão Nacional de Planeamento de 2009 a 2014.