Caso da morte do comerciante Paulo Ferreira: suspeitos continuam detidos a aguardar sentença

0
67
Caso da morte do comerciante Paulo Ferreira: suspeitos continuam detidos a aguardar sentença

Ainda estão a ser julgados os três suspeitos de terem assassinado o comerciante português Paulo Ferreira, que foi encontrado morto num caixote de lixo, no dia 10 de Fevereiro deste ano,  num parque de estacionamento de automóveis em Alberton.

 Os três suspeitos, a sua mulher Hazel Ferreira, o seu cunhado Edward (irmão de Hazel) e Kevin (amigo da família), compareceram brevemente em tribunal no passado dia 25 de Abril, tendo o julgamento, mais uma vez, sido adiado para o próximo dia 2 de Junho.

  O juiz reafirmou que os três suspeitos teriam de ficar sob prisão, sem caução possível, até ao final do julgamento.