Casa do Benfica de Pretória celebrou ontem 27º aniversário

0
89
Casa do Benfica de Pretória celebrou ontem 27º aniversário

Ontem, domingo, 31 de Julho, a Casa do Benfica de Pretória marcou o seu 27º aniversário com um almoço convívio no salão de festas da Associação da Comunidade Portuguesa de Pretória (ACPP) almoço de aniversário este, onde foram angariados 22.000 randes para a casa do clube encarnado.

 O salão esteve decorado com as cores do Glorioso, com toalhas vermelhas e brancas sobre as mesas e bolas de futebol, das mesmas cores, como centros de mesa. Em cima das mesas encontravam-se pratos com salgados típicos portugueses, batatas fritas e amendoins como aperitivos.

 O salão da ACPP esteve composto, com mais de duzentas pessoas, para assinalar a data de aniversário da Casa do Benfica.

 O evento foi iniciado com Paula de Castro a fazer uma oração de acção de graças antes da refeição e nela, entre tudo, pediu bênção divina para a Direcção e para a Casa do Benfica, para que “fosse tudo para o bem da Comunidade”.

 Logo em seguida, o buffet foi aberto para servir o almoço, que consistia de várias opções como sopa de caldo-verde e canja. Bacalhau à Gomes de Sá, frango grelhado, carne assada, batatas assadas e arroz branco com salada. Enquanto a refeição estava a decorrer, a tarde foi animada musicalmente pelo conjunto “Estrelas da Madeira”.

 Findo o repasto, o presidente da Casa do Benfica de Pretória, Lino Faria, dirigiu algumas palavras a todos os presentes.

 “Boa tarde a todos e sejam bem-vindos ao vigésimo sétimo aniversário da Casa do Benfica de Pretória. Caros sócios, amigos e simpatizantes da Casa do Benfica, a todos apresento os meus cumprimentos e dou as boas-vindas a este almoço. Deixo uma palavra de reconhecimento pela presença de tantas e tão importantes personalidades cuja contribuição para o processo de crescimento deve ser agradecido.” “Agradeço também a contribuição dos patrocinadores dos vários almoços que decorreram ao longo do ano, foram eles: Américo Pimentel, comendador Mário Ferreira, Tony Gonçalves, José Gonçalves e Hernâni Ferreira. Tony Pestana e José Faria. Jaime Caires e Jorge Gonçalves. Gilberto Basilio e Augusto Rosa bem como a Direcção da Casa do Benfica e Sam Silva.

 Agradeço também a Tony Oliveira e a Manuel Silva pelo patrocinio dos troféus e agradeço ao João Jesus e Jaime Caires por terem organizado o torneio da sueca. Estendo também um agradecimento à Carla Burnido, por todos os anos fazer o bolo de aniversário da nossa Casa.”

  Prosseguiu a sua intervenção ao afirmar “somos tricampeões, viva o Benfica”, declaração que valeu uma resposta em coro de igual medida. “Mas a mensagem que hoje vos trago não pode deixar e ser séria. Como todos certamente saberão, os tempos em que nos encontramos não são fáceis.”

 Aludiu assim à valioso e importante contribuição dos patrocinadores e contribuintes à Casa do Benfica, para que esta se mantenha aberta e activa. Agradeceu à Direcção da ACPP toda a ajuda prestada e a cedência do salão para a celebração do aniversário encarnado.

 No seu discurso, o presidente Lino Faria, aludiu à intenção futura de tornar a Casa do Benfica num Núcleo e da vontade de legar às novas gerações de luso-sul-africanos, os valores e sentimentos benfiquistas.

 Após esta intervenção, foi chamada ao palco a Direcção da Casa do Benfica, bem como Américo Pimentel, Paula de Castro, Tony Oliveira, Miguel Carreira, Manuela Calado. João Jesus, Jaime Caires, comendador Mário Ferreira, comendador Estevão Rosa e a comendadora Manuela Rosa. Todos, receberam uma medalha comemorativa do aniversário e logo em seguida foram entregues os prémios do torneio da sueca. Em 4º lugar ficou a dupla Fábio Cabula e Tony Gonçalves, em 3º lugar José Maria e Pedro Marques, o segundo posto foi ocupado pela dupla Elidio Cardoso e Manuel Palácio. O topo do pódio foi ocupado pela dupla Jaime Caires e Rui Santos.

 Ao palco foram também cha-madas Goreti Faria, a esposa de Lino Faria e Carla Menino a quem foram entregues ra-mos de flores em agradecimento.

 Num momento também ele de festa, foram cantados os parabéns ao benfiquista Gil-berto, que completava o seu aniversário coincidentemente no mesmo dia que a Casa do Benfica.

 A fim de angariar fundos para aquela colectividade, o bolo de aniversário foi leiloado bem como alguns prémios. O bolo rendeu 5.000 randes, com a garrafa de whiskey a render o mesmo montante. Em seguida foi leiloada uma estadia no Jabulala Lodge de três noites para dez pessoas que rendeu 6.000 randes. Igualmente leiloada foi uma estadia de dois dias na reserva de caça do comendador Mário Ferreira, que foi licitada por um preço de 5.500 randes.

 O conjunto “Estrelas da Madeira” ofereceu a sua colectânea de 25 anos de carreira musical, que rendeu em leilão 500 randes.

 Por fim, o senhor Inácio e a esposa procederam ao corte do bolo de aniversário e a pista de dança foi aberta com música e animação por parte do conjunto actuante.