Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana participa em Joanesburgo nas reuniões Grupo SA/UE

0
54
Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana participa em Joanesburgo nas reuniões do Grupo SA/UE Focal Point

Decorrem negociações para a formação de uma Câmara de Comércio e Indústria europeia que congregue todas as Câmaras dos Estados-membros da União Europeia cujo denominador comum seja as relações comerciais com a África do Sul.

 A primeira reunião, liderada pelo embaixador da União Europeia na África do Sul, teve lugar no passado dia 14 de Novembro, na Câmara de Comércio Alemã, em Joanesburgo.

 Participaram no encontro re-presentantes das Câmaras da Inglaterra, Espanha, França, Holanda, Alemanha, Bulgária, Hungria, Polónia e Portugal na África do Sul, tendo a comitiva portuguesa sido composta pelo presidente da Direcção da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana, Américo Ferreira, a tesoureira da Direcção, Sara Ramos, e o coordenador do polo local da CCILSA, Luís Figueiredo.

 Com a tarefa de encontrar um consenso entre as referidas instituições – que a par de uma desejada cooperação têm igualmente o vector da competição comercial -, existe já uma equipa de trabalho, financiada por Bruxelas, para facilitar o processo que levará à criação dessa câmara de comércio supranacionall sem que qualquer delas perca a sua identidade e num plano em que nenhuma possa exer-cer a sua hegemonia sobre as outras.

Numa primeira análise, os representantes das Câmaras de Comércio, quase todos eles sedeados na Cidade do Cabo, avançaram com a identificação das principais dificuldades existentes no mercado sul-africano, tendo sido unânimes as críticas ao BEE e ao atropelo das leis laborais por sindicatos indisciplinados, pontos que a futura Câmara europeia abordará nas negociações com o Governo da África do Sul.

Até ser adoptada uma nova designação, a equipa de trabalho apoiada por Bruxelas é conhecida por Grupo SA/UE Focal Point.