Brasil regista criação recorde de empregos formais em Fevereiro

0
44
Brasil

Brasil O número de empregos formais criados em Fevereiro, no Brasil, registou um recorde histórico para o mês, com 280.799 novos postos de trabalho, informou uma fonte oficial.

 O recorde alcançado no mês passado é resultado da diferença entre 1,79 milhões de contratações e 1,51 milhões de despedimentos, afirmou o ministro do Trabalho, Carlos Lupi.
 Contribuiu para o resultado o facto de o carnaval deste ano ter sido em Março, diferentemente de 2009, o que aumentou o número de contratações em sectores como hotelaria e alimentação.

 Fevereiro deste ano também teve um número maior de dias úteis, em relação ao mesmo período de 2010, quando fo-ram criados 209.425 postos formais de trabalho.
 “Tivémos um recorde muito acima da média principalmente pelos preparativos para o carnaval”, sublinhou Lupi.
 Para o ministro, o resultado de Fevereiro mostra que, mesmo com as medidas tomadas pelo Governo para arrefecer a economia e controlar a inflação, o mercado de trabalho não será afetado.

 “Não tem desaceleração, houve uma acomodação do mercado. Agora o mercado voltou ao crescimento normal. Não há retração no mercado de trabalho brasileiro”, disse.
 No ano passado, a economia brasileira registou um crescimento recorde de 7,5 por cento, o que manifestou preocupações quanto ao risco de um aquecimento, com aumento da inflação.

 Entre as medidas anunciadas recentemente pelo Governo brasileiro para arrefecer a economia, estão o corte de despesas públicas e a subida das taxas de juros para 11,75 por cento ao ano, uma das maiores do mundo.
 Em 2009, a economia brasi-leira registou uma quebra de 0,6 por cento, resultado do impacto negativo da crise financeira global.