BP abate 750 milhões de dólares aos resultados por causa de Angol

0
123
BP abate 750 milhões de dólares aos resultados por causa de Angol

O grupo BP abateu 750 milhões de dólares aos resultados apurados no segundo trimestre na sequência de fracos resultados na prospecção petrolífera em Angola, anunciou o grupo em comunicado ora divulgado.

 O grupo informou ter decidido renunciar à sua participação de 50% no Bloco marítimo 24/11 da região sul de Angola e acrescentou estar ainda por determinar se o poço Katam-bi, uma descoberta de gás natural efectuada em 2014, tem viabilidade comercial.

 O valor de 750 milhões de dólares anunciado pelo grupo BP derivou ainda de fracos resultados obtidos na exploração noutros locais, não tendo no entanto sido fornecidos pormenores adicionais.

 O grupo informou igualmente que este abatimento não monetário não poderá ser deduzido aos impostos mas acrescentou que não prejudicará de forma alguma os capitais libertos, um indicador importante para os accionistas preocupado com o valor dos dividendos numa altura em que os preços do petróleo estão abaixo de 50 dólares o barril.

 A decisão de proceder ao abate daquele montante faz parte de uma análise mais alargada da carteira de activos, que se destina a concentrar as actividades do grupo mais em gás natural e em projectos petrolíferos próximos de locais que disponham de infra-estruturas.