Bolsa de Mercadorias de Moçambique emite primeiros certificados

0
130
Bolsa de Mercadorias de Moçambique emite primeiros certificados

A Bolsa de Mercadorias de Moçambique (BMM) vai emitir certificados de depósito de mercadorias a partir de 20 de Dezembro, permitindo aos produtores agrícolas o acesso ao crédito bancário, afirmou em Maputo o presidente da instituição.

 António Grispos, que falava após a assinatura de acordos de execução do sistema de certificados de depósito com o Banco Internacional de Moçambique (BIM) e com o Banco Terra de Moçambique (BTM), disse ser ainda difícil dizer quantos produtores irão beneficiar da iniciativa.

 O presidente da BMM afirmou que o certificado de depósito vai facilitar o acesso dos produtores ao crédito bancário, uma vez que o documento funciona como título que prova a posse de mercadoria depositada nos silos da bolsa por parte do titular.

Grispos declarou que terão acesso a certificados de depósitos os produtores que tiverem a sua mercadoria conservada nos silos da BMM, adiantando que, neste momento, a entidade conta com sete complexos de silos com capacidade para pelo menos 35 mil toneladas de produtos agrícolas.

 Após a introdução dos certificados de depósitos, realçou António Grispos, o próximo passo será a realização de leilões de mercadorias para permitir a comercialização da produção.

Liliana Catoja, administradora executiva do BIM, disse que o sector agrícola tem um peso de 20% na economia de Moçambique, indo o certificado de depósito permitir que os agricultores possam aceder aos serviços financeiros.