Benfica vence na estreia de Bruno Lage

0
130

O Sporting de Braga colocou-se no segundo posto da I Liga portuguesa de futebol, de forma provisória, a três pontos do líder FC Porto, ao vencer em casa o Boavista por 1-0, em jogo da 16.ª jornada, em que o Benfica regressou aos

triunfos

 Ricardo Horta, aos 25 minutos, deu à formação do técnico Abel Ferreira a oitava vitória em casa, em nove jogos

 Depois da vitória do Benfica por 4-2 em casa sobre o Rio Ave, os bracarenses precisavam de vencer para voltarem a estar à frente dos vice-campeões nacio-nais na tabela classificativa, colocando ainda pressão sobre os ‘dragões’ e o Sporting, que apenas jogam hoje, segunda-feira.

 Do outro lado, as dificuldades continuam para o Boa-vista quando não joga em casa, uma vez que não consegue ganhar fora do Estádio do Bessa desde a primeira jornada (vitória por 2-0 em Portimão).

 Os ‘axadrezados’ seguem em 13.º lugar, com 16 pontos, mais quatro que os clubes em zona de despromoção, mas ainda pode cair para 14.º, se o Tondela vencer o Sporting na hoje, segunda-feira.

 Na estreia de Bruno Lage no comando técnico, o Benfica teve de se aplicar para dar a volta a uma desvantagem de 2-0 no Estádio da Luz, que o Rio Ave, também a viver o primeiro jogo com o novo treinador, Daniel Ramos, tinha imposto nos primeiros 20 minutos.

 O brasileiro Gabrielzinho fez o primeiro golo aos 17, numa boa jogada dos forasteiros, antes de Bruno Moreira fazer o segundo, de cabeça, três minutos depois, mas até ao intervalo o Benfica ainda conseguiu o empate.

 Seferovic e João Félix, duas novidades no ‘onze’ das ‘águias’, marcaram aos 27 e aos 31, respectivamente, antes de bisarem na segunda parte, primeiro pelo luso, aos 64, e depois pelo avançado suíço, aos 70.

 Depois do ‘susto’, os lisboetas chegaram aos 35 pontos e subiram ao segundo lugar da I Liga, tendo sido desalojados pouco depois pelo Braga para o terceiro, também provisório, ultrapassando o Sporting e regressando às vitórias após o desaire em Portimão (2-0), que precipitou a saída do treinador Rui Vitória.

 Em Santa Maria da Feira, o Santa Clara esteve a ganhar por 2-0, com golos de Zé Ma-nuel, aos 43, e Bruno Lamas, aos 48, mas o Feirense recuperou e conseguiu o empate, marcando por Edinho, de pe-nálti, aos 59, e pelo colombiano Valencia, aos 65.

 Apesar de ter ‘resgatado’ um ponto, a formação de Nuno Manta Santos somou o 14.º jogo seguido sem ganhar, ainda que tenha subido ao 16.º lugar da liga, com 12 pontos, ainda abaixo da ‘linha de água’.

 Do lado dos açorianos, este foi o segundo jogo sem vencer e a equipa de João Henriques segue no nono lugar, com 21 pontos.

 Não houve golos em Setúbal, no embate entre o Vitória e o lanterna-vermelha Desportivo de Chaves, com ambas as equipas a prolongarem a ‘crise’ de resultados no Estádio do Bonfim.

 A equipa da casa segue em 12.º lugar, com 18 pontos, após o quinto jogo sem ganhar, ainda que tenha perdido os quatro anteriores, enquanto os flavienses seguem em 18.º e último lugar, com nove pontos, e há 11 jogos seguidos sem conseguir vencer.

 O Belenenses igualou os 25 pontos do Vitória de Guima-rães, ao bater os minhotos por 1-0 no Estádio do Jamor, graças a um golo do brasileiro Henrique Almeida, aos 31 minutos.

 Os ‘azuis’ venceram em casa pela quarta vez e subiram ao sexto lugar, com os mesmos pontos dos vimaranenses, sendo que o Moreirense tem os mesmos 25 pontos e joga hoje, em casa, frente ao Desportivo das Aves.

 Hoje, a 16.ª jornada encerra com o campeão FC Porto a receber o Nacional, pelas 21:15 de Lisboa, já depois do Tondela-Sporting e do Moreirense-Desportivo das Aves.