Benfica recebe na Luz o Borussia Dortmund para os oitavos de final da Liga dos Campões

0
105
Benfica recebe na Luz o Borussia Dortmund para os oitavos de final da Liga dos Campões

O Benfica começa a pôr em jogo a sua invencibilidade nos oitavos de final da Liga dos Campões em futebol amanhã,terça-feira,  no Estádio da Luz, perante um Borussia Dortmund recordista de golos na história da fase de Grupos.

  Apesar de três apuramentos em três presenças nos ‘oitavos’, um face ao então campeão em título Liverpool e dois frente ao Zenit, os ‘encarnados’ não são favoritos, perante o conjunto ‘número 2’ do futebol germânico, que ultrapassou duas de três eliminatórias, caindo apenas perante a Juventus (2014/15).

  Campeão europeu em 1996/97 e ‘vice’ há quatro anos, com Jürgen Klopp, o Borussia Dortmund não tem o poder do Bayern Mu-nique, o ‘carrasco’ do Benfica na época passada, nos ‘quartos’, mas ao ‘onze’ de Thomas Tuchel não falta categoria.

  O ponto forte dos germânicos é, sem dúvida, o ataque, liderado pelo gabonês Pierre-Emerick Aumbameyang e pela classe de Marco Reus, que tem passado um calvário com lesões, mas está, de momento, apto a dar o seu contributo à equipa.

  Na fase de Grupos, os germânicos marcaram 21 golos, um novo recorde, sendo que ficaram à frente do campeão europeu em título Real Madrid e bateram por duas vezes o Sporting (2-1 fora e 1-0 em casa), ‘repetindo’ o que haviam feito na época passada frente ao FC Porto nos 16avos de final da Liga Europa.

  Agora, tem a ‘palavra’ o Benfica, que nos últimos jogos, sobretudo no 3-0 de sábado ao Arouca, com ‘bis’ de Mitroglou e ‘golaço’ de Carrillo, parece regressado ao melhor nível, após alguns resultados que conferiram alguma intranquilidade.

  O regresso em bom plano de Jonas também é um ‘seguro de vida’ para o treinador Rui Vitória, que não pôde contar com o brasileiro na fase de Grupos, devido a lesão. Há um ano, marcou o golo da vitória na primeira mão, ao defrontar o Zenit (1-0).

  Em sentido contrário ao do melhor marcador da última edição da I Liga está o lateral esquerdo espanhol Grimaldo, que se encontra há muito lesionado e nem foi inscrito. O sérvio Zivkovic já está, mas está suspenso para a primeira mão.

  Por seu lado, os médios Pizzi e Samaris encontram-se a um cartão amarelo de falharem o jogo da segunda mão, a 8 de Março, tal como Raphaël Guerreiro, o defesa/médio internacional português que representa o clube germânico.

  No fim de semana, o campeão europeu por Portugal marcou um golo no reduto do Darmstadt, mas o Dortmund perdeu por 2-1 e já está a 15 pontos do líder Bayern Munique e oito do segundo classificado, o Leipzig.

  O Benfica está pela segunda vez consecutiva, um feito inédito, nos ‘oitavos’ e procurar a terceira presença nos ‘quartos’ em seis anos, enquanto os alemães tentam repetir 2012/13 (afastaram o Shakhtar Donetsk) e 2013/14 (Zenit).

  Nas taças europeias, os dois conjuntos apenas se defrontaram uma vez, há mais de meio século, na segunda ronda da Taça dos Campeões de 1963/64: os ‘encarnados’ venceram em casa por 2-1, mas foram goleados na Alemanha por 5-0.

  O encontro entre o Benfica e o Borussia Dortmund, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol, reali-za-se amanhã, terça-feira, a partir das 21:45, no Estádio da Luz, em Lisboa.