Benfica já campeão e com reservas em fecho de festa empata no Bessa e Marítimo assegura Liga Europa

0
116
Benfica já campeão e com reservas em fecho de festa empata no Bessa e Marítimo assegura Liga Europa

O Benfica, já virtual tetracampeão, fechou a I Liga de futebol com novo empate com o Boavista, dia em que a última vaga europeia foi para o Marítimo, a quem bastou o empate em Paços de Ferreira.

 No Bessa, Rui Vitória cumpriu o que prometeu e deu minutos de jogo a Paulo Lopes, Kalaica, Pedro Pereira e Marcelo Hermes, para também serem campeões, ao mesmo tempo que geriu a utilização de grande parte dos titulares, já a pensar na final da Taça de Portugal, dentro de oito dias.

 Depois de 3-3 na Luz, o 2-2 de sábado faz com que o tranquilo Boavista – fecha o campeonato em nono – seja a equipa que mais golos marcou aos ‘encarnados’, no campeonato.

 O Boavista chegou ao 2-0, com Renato Santos (16) e Schembri (52), empatando o Benfica com os golos de Mitroglou (71) e Kalaica (90). O jovem croata impediu assim a terceira derrota do Benfica, que somente cedeu nos terrenos de Vitória de Setúbal e Marítimo.

 O Benfica fecha o campeonato com 82 pontos, mais seis do que o FC Porto, que jogou ontem, domingo, em Moreira de Cónegos, onde perdeu por 3-1, e 12 do que o Sporting, que defrontou, também ontem, o Chaves, em Alvalade, jogo que venceu.

 Quem também está já com a cabeça na final da Taça é o Vitória de Guimarães, derrotado sábado em casa pelo Feirense. Tchuameni fez o único golo, aos 69 minutos. O quarto lugar já estava assegurado e as contas vimaranenses fecham com 62 pontos.

 O Sporting de Braga, que jogou em Tondela, onde perdeu por 2-0, ficou com 54 pontos e será quinto, enquanto que o sexto e último lugar para a Europa foi decidido ‘ao sprint’ entre Rio Ave e Marítimo.

 O Rio Ave bateu o Belenenses (2-0, golos de Guedes e Gil Dias), mas não chegou, já que em Paços de Ferreira o Marítimo assegurou o ‘nulo’ que lhe faltava.

 Os insulares chegam assim aos 50 pontos e os vila-condenses aos 49, mais um do que o surpreendente Feiren-se.

 Na Madeira, o já despromovido Nacional recebeu o tranquilo Vitória de Setúbal, em jogo ganho pelos sadinos por 2-1 – golos de Zequinha, para o Nacional, e Edinho e Zé Manuel, para o Vitória. Ontem ficou a saber-se quem acompanha o Nacional na descida à II Liga: o Arouca  após perder em casa do Estoril-Praia por 4-2, apesar de ter estado em vantagem.