Benfica goleia Famalicão e consolida liderança do Campeonato

0
75

O Benfica colocou-se no sábado provisoriamente com sete pontos de vantagem sobre o FC Porto na liderança da I Liga de futebol, após receber e golear o Famalicão, por 4-0, com um ‘bis’ de Pizzi, na 14.ª jornada.

 No Estádio da Luz, em Lisboa, o internacional português marcou aos 48 e 63 minutos e ajudou os ‘encarnados’ a somarem a 11.ª vitória consecutiva na competição, num encontro em que os brasileiros Carlos Vinicius e Caio Lucas abriram e fecharam, respectivamente, a contagem, aos 39 e 89.

 Com mais dolos golos, Pizzi ‘apanhou’ Vinicius no topo da lista dos melhores marcadores da I Liga, ambos com 11.

 Na classificação, o Benfica fugiu provisoriamente no comando e vai estar 48 horas com sete pontos de vantagem sobre o FC Porto, principal perseguidor, que só entra em campo hoje, segunda-feira, no Estádio do Dragão, perante o Tondela.

 Por seu lado, o Famalicão, que chegou a liderar a I Liga, continua em ‘queda livre’ e tem o terceiro lugar em perigo, depois de sofrer o terceiro desaire seguido e o quinto jogo sem vencer.

 No primeiro duelo do dia, um autogolo de Idris, no primeiro minuto, deu a vitória ao Marítimo por 1-0 na recepção ao Boavista, que jogou em inferioridade durante quase toda a segunda parte do jogo, por expulsão do peruano Gustavo Dulanto.

 O golo na própria baliza do senegalês, aos 35 segundos do encontro, permitiu aos madeirenses regressarem às vitórias, após seis jogos, naquele que foi o primeiro triunfo do treinador José Gomes no comando dos insulares.

 O segundo triunfo caseiro do Marítimo, que subiu provisoriamente ao 12.º lugar com 15 pontos, correspondeu ao segundo desaire seguido do Boavista, que segue em nono com 18 pontos.

 No Bonfim, o Vitória de Setúbal deu um salto para o sétimo lugar, depois de somar o segundo triunfo consecutivo, desta vez por 1-0 perante o Desportivo de Aves, que continua no último posto.

 O cabo-verdiano Hildeberto Pereira, que já tinha sido decisivo na última ronda em Paços de Ferreira (3-2), fez o único golo da partida, aos 59 minutos, já depois de o iraniano Mehrdad Mohammadi ter desperdiçado uma grande penalidade para o Desportivo das Aves, ao permitir a defesa do georgiano Georgi Makaridze.