Bancos portugueses com capacidade para resistir em 2011 se Governo cumprir o prometido

0
62
Bancos portugueses

Bancos portuguesesO sistema financeiro português é sólido e tem capacidade para resistir a um 2011 difícil, caso o Governo cumpra com as medidas previstas, afirmou o presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), António de Sousa.

 “Caso o que foi prometido [pelo Governo] for cumprido em 2011, penso que todos os bancos têm possibilidade de passar esta fase sem problemas”, disse António de Sousa num almoço com jornalistas, em Lisboa.
 O presidente da APB garantiu ainda que “o sistema financeiro português é sólido”, em-bora com “uma fragilidade que é a liquidez”.
 Ainda assim, António de Sousa afirmou que no próximo ano “os bancos não terão problemas de financiamento”.
 O ‘grande teste’ será feito em 2011 e 2012, consoante a evolução da economia portuguesa.

 Os anos “2012 e 2013 podem ser piores para a banca caso não venha a existir abertura dos mercados internacionais ou se a economia não conse-guir crescer, porque a um ano consegue-se resistir, mas dois ou três [sem crescimento] já são um problema”, disse António de Sousa.