Banco Mundial apoia Moçambique com 50 milhões de dólares para acção social

0
32
Banco Mundial apoia Moçambique com 50 milhões de dólares para acção social

O Banco Mundial aprovou o desembolso de 50 milhões de dólares a serem despendidos no Programa de Acção Social Produtiva (PASP) em  40 distritos rurais de Moçambique, disse quarta-feira a directora do Instituto Nacional da Acção Social (INAS).

 Luísa Cumba, que falava no decurso de uma visita a um posto administrativo do distrito de Moatize, província de Tete, disse ainda que o programa, que se iniciou este ano, vai ser aplicado até 2018 pela instituição que dirige sendo que até essa data serão be-neficiados mais de 100 mil agregados familiares.

 O gestor de projectos do Banco Mundial, Eric Zapatero, afirmou ter sido decidido financiar o projecto PASP com o objectivo de reduzir os níveis da pobreza nos 40 distritos abrangidos em Moçambique.

 Os beneficiários do PASP recebem 650 meticais (cerca de 13,5 dólares) por trabalharem durante quatro horas por dia e quatro dias por semana, disse a directora do INAS, que acredita que o projecto terá impacto positivo nas famílias seleccionadas a nível das comunidades como sendo as mais pobres.

 Além da reparação de vias de acesso, os beneficiários podem decidir fazer negócios que permitam a geração de rendimento familiar, adiantou Luís Cumba, que acrescentou ir o governo central executar o mesmo programa em 45 outros distritos.