Angola estreia-se no CAN-2012 com vitória sobre Burkina Faso por 2-1

0
110
Angola estreia-se no CAN-2012 com vitória sobre Burkina Faso por 2-1

A selecção angolana de futebol estreou-se com um triunfo sobre a congénere do Burkina Faso por 2-1, colocando-se no topo do Grupo B da Taça das Nações Africanas de futebol, após a primeira jornada.

 No “duelo” entre treinadores com passado português, Lito Vidigal (Angola) impôs-se a Paulo Duarte (Burkina-Faso) graças a erros defensivos dos adversários e a acções individuais brilhantes por parte de Mateus, jogador do Nacional da Madeira, e Manucho, respectivamente aos 48 e 68 minutos, inviabilizando o golo do empate, também de excelente execução, por parte de Alain Traoré, aos 57.
 A Costa do Marfim que bateu o Sudão, com o tento solitário do “capitão” Didier Drogba, aos 39 minutos, soma os mesmos três pontos de Angola, enquanto Burkina Faso e Sudão ficaram a “zeros”.

 Na capital da Guiné Equatorial, Malabo, nenhum dos conjuntos criou oportunidades de golo dignas desse nome nos primeiros 45 minutos, preferindo ambas as cautelas defensivas e pouco risco no ataque e o jogo foi sendo repartido, esmagadoramente no meio-campo.
 Na segunda parte, logo aos 48 minutos, uma jogada de insistência de Mateus permitiu-lhe recuperar a bola, enfrentar Koulibaly e arranjar um “buraco” por onde rematou cruzado e com sucesso, batendo o guarda-redes Diakité.
 O adversário respondeu aos 57 minutos, num livre directo apontado ao canto inferior esquerdo da baliza defendida por um “congelado” Carlos.
 Aos 68 minutos, nova perda de bola de um defesa contrário deu a Manucho a oportunidade de desferir um potentíssimo remate a 25 metros do alvo, voltando a colocar Angola em vantagem.

 A equipa das “Palancas Negras” teve depois de aplicar-se até final perante o “assalto” à sua baliza, mas o guardião Carlos e seus companheiros de defesa conseguiram manter a vantagem até ao apito final.
 A terceira presença seguida dos angolanos nos “quartos” fica, assim, bem encaminhada, uma vez que defrontam a 26 de Janeiro o Sudão, enquanto Costa do Marfim e Burkina Faso protagonizam a outra partida.

 Jogo no Estádio Novo de Malabo, em Malabo.
Ao intervalo: 0-0.
 Marcadores: 0-1, Mateus, 48 minutos; 1-1, Alain Traoré, 57;
1-2, Manucho, 68.
– Burkina Faso: Diakité, Alain Traoré, Koulibaly (Panandetiguiri, 50), Mamadou Tall, Koné, Done, Koffi, Rouamba (Bance, 59), Kabore, Dagano e Pitroipa.
 – Angola: Carlos, Airosa, Dany, Quiame, Gilberto, Zuela, Flávio (Dedé, 61), Macanga (Vunguidica, 92), Djalma (Jaime, 89), Mateus e Manucho.
 Árbitro: Mohamed Benouza (Argélia).
 Acção disciplinar: cartão amarelo para Koffi (09), Ma-teus (19), Dagano (29), Mamadou Tall (90), Carlos (90+5).
Quadro de resultados: Guiné Equatorial, 1-Líbia, 0; Senegal, 1-Zâmbia, 2; Costa do Marfim, 1-Sudão, 0; Angola, 2-Burkina Fasso, 1.