Angola é o terceiro fornecedor de petróleo da China

0
59
Angola é o terceiro fornecedor de petróleo da China

Angola foi em Fevereiro o terceiro fornecedor de petróleo da China, depois da Arábia Saudita e da Rússia, com uma quota de 10%, contra quotas de 15% e 14%, respectivamente, dos outros dois países, de acordo com o relatório mensal do mercado petrolífero relativo a Abril da Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP).

 O relatório acrescenta que nesse mês as vendas à China de petróleo aumentaram em 60 mil barris por dia no caso dos sauditas e em 37 mil barris por dia no caso dos russos, ao passo que as exportações angolanas caíram 317 mil barris por dia.

 Em Março e de acordo com fontes secundárias, Angola registou uma produção de 1,614 milhões de barris por dia, uma quebra mensal de 18,7 mil barris por dia, ao pas-so que a Nigéria baixou a produção em 29,8 mil barris por dia para atingir 1,545 milhões de barris por dia.

 Tendo por base a comunicação directa a diferente é substancialmente mais elevada, com Angola a ter produzido 1,652 milhões de barris por dia, com um acréscimo de três mil barris por dia e a Nigéria a ter registado uma produção de apenas 1,269 milhões de barris, com uma quebra mensal de 156,9 mil barris por dia.

 Nesse mês a subsidiária nigeriana da Royal Dutch Shell viu-se forçada a encerrar um oleoduto a fim de reparar locais onde populares procediam ao roubo de petróleo.