Angola e Moçambique estiveram na liderança do crescimento mundial da última década

0
43
Angola e Moçambique estiveram na liderança do crescimento mundial da última década

Angola e Moçambique ocupam lugares cimeiros no crescimento económico mundial da última década, de acordo com a revista norte-americana “Foreign Policy”, citada pela imprensa dos dois países.

 A publicação refere que Angola tem crescido devido ao petróleo e que Moçambique tem tido uma evolução mais diversificada.
 A revista, que cruzou dados do Banco Mundial e do Departamento norte-americano de Estado, colocou Angola em quarto lugar no grupo das economias que conseguiram duplicar o volume da economia na última década.

 Este grupo, liderado pela Guiné Equatorial, Azerbaijão e Turquemenistão, inclui economias “altamente dependentes das indústrias extractivas”, sublinha a revista.
 No caso de Angola, a produção petrolífera cresceu continuamente desde o final do conflito, em 2002, e as receitas expandiram-se, também, devido aos recordes do preço do petróleo a meio da década.

 A análise da Foreign Policy sublinha que oito das economias que duplicaram o seu volume são da África subsaariana, uma região “tradicionalmente menosprezada como água estagnada económica”.
 Angola conseguiu alcançar um crescimento económico de dois dígitos praticamente em metade da década, com o recorde a ser atingido em 2007, quando os números do Banco Mundial indicavam um crescimento de 22,7%.

 Apenas em 2001, Moçambique conseguiu crescer na casa dos dois dígitos (11,9%), mas tem tido um crescimento mais constante entre 6% e 9%.