África do Sul reforça relações com Angola

0
77
África do Sul reforça relações com Angola

África do Sul reforça relações com AngolaO Presidente sul-africano afirmou que a realização do Fórum Empresarial Angola/- África do Sul foi uma oportunidade de negócios e desenvolvimento e, se ele fosse empresário, a agarraria com as duas mãos e investiria todo o seu dinheiro.

Jacob Zuma discursava na cerimónia de encerramento do fórum, que decorreu em Luanda, no âmbito da visita oficial de dois dias que realizou a semana passada a Angola, e que contou com a participação de mais de 400 empresários angolanos e sul-africanos. “Acredito que em ambos os lados (África do Sul e Angola), uma oportunidade singular foi aberta.

Quem imaginava, há décadas atrás, que os homens de negócios da África do Sul e de Angola iam sentar- se lado a lado para juntos discutirem assuntos do progresso?”, interrogou Zuma. “Acredito que concordarão comigo que os esforços empreendidos para resolver os problemas da África Austral criaram oportunidades para negócios e desenvolvimento”, frisou. Na sua intervenção, o Chefe de Estado da África do Sul defendeu o desenvolvimento de parcerias com outros países do continente, acrescentando que o seu país continuará a ajudar na reconstrução e desenvolvimento de África, especialmente nas situações pós-conflito.

“Tais programas requerem a participação de todos os sectores  incluindo a comunidade de negócios, pois para que a paz seja preservada é necessário desenvolvimento e desta forma queremos parcerias com a comunidade de negócios, nas iniciativas de construção de paz, com vista ao alcance de um continente pacífico e estável”, disse. Na perspectiva de Zuma, “para pôr fim ao conflito e para que a paz seja preservada é preciso reconstruir o país devastado pela violência, porque se não o fizermos a violência voltará”.

“É importante que os negócios de África vejam a paz como uma oportunidade para participarmos e criarmos negócios e beneficiarmos os cidadãos dos países”, adiantou. Por seu lado, o primeiro-ministro angolano, Paulo Kassoma, referiu que Angola conta com a África do Sul para a aplicação do processo de diversificação da economia. “Para a concretização dos nossos objectivos devemos revitalizar as nossas relações institucionais, no sentido delas impulsionarem todas as nossas acções de cooperação”, afirmou Kassoma.