África do Sul interessada em conhecer novos projectos de energia em Portugal

0
34
energia em Portugal

energia em PortugalOs ministros da Energia dos Emirados Árabes Unidos e da África do Sul manifestaram interesse em visitar Portugal para conhecer de perto os projectos energéticos em curso no país, disse o secretário de Estado da Energia, Carlos Zorrinho.

 “Essas visitas ainda vão ser preparadas, mas já há um in-teresse em tudo o que conseguimos desenvolver no solar, nas eólicas e no aproveitamento de resíduos para efeitos energéticos”, disse Carlos Zorrinho no final de dois dias de reuniões da Comissão Preparatória da Agência Internacional para as Energias Renováveis (IRENA), com sede no Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).

 Por outro lado, sublinhou, a ministra da Energia da África do Sul mostrou-se particularmente interessada “nos processos descentralizados de fornecimento de energia, nos quais Portugal está a trabalhar para outros países africanos”.
 Na sua intervenção no âmbito da terceira reunião da IRENA, o secretário de Estado português da Energia apresentou alguns projectos portugueses para este sector, nomeadamente da rede experimental para o carro eléctrico Mobi-e, das redes inteligentes de gestão de energia eléctrica (smart-grids), bem como a estratégia portuguesa de investimento nas renováveis.

 Paralelamente, Carlos Zorrinho declarou que manteve uma reunião com “com três fundos soberanos que actuam nos Emirados Árabes Unidos, com o objectivo de incrementar as possibilidades de investimento em Portugal”. Nestas reuniões, acrescentou, participaram representantes das empresas portuguesas EDP, Galp, REN e Martifer, que in-tegravam a comitiva.
 Estes encontros com os fundos soberanos, acrescentou o secretário de Estado, foram “primeiros passos”, mas que “demonstram o interesse na estratégia energética seguida por Portugal”.

 “Esta estratégia tem um enorme potencial de fomentar exportações e de ser adoptada por outros países”, sublinhou.
 A IRENA é uma organização intergovernamental focada no sector das energias renováveis que tem 139 signatários, incluindo Portugal, e com se-de interina no Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.