África do Sul eleita para o Conselho de Segurança da ONU

0
31

A Assembleia Geral das Nações Unidas elegeu sexta-feira a África do Sul para um mandato de dois anos na qualidade de membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU, com início em Janeiro de 2019.

  A África do Sul, que deste modo integra pela terceira vez o Conselho de Segurança da ONU desde 1994, foi um dos cinco países eleitos na votação de sexta-feira, em Nova Iorque, sendo os restantes a Alemanha, Bélgica, República Dominicana e Indonésia.

  “Gostaríamos de manifestar a nossa gratidão e apreço à Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) que nos nomeou, e também à União Africana (AU) que endorsou a nossa candidatura”, disse o Presidente Cyril Ramaphosa em comunicado.

  O Chefe de Estado afirmou ainda que “o governo sul-africano sente-se honrado pela confiança depositada pela comunidade internacional na capacidade de o país contribuir para a resolução dos desafios globais”.