África do Sul com exibição convincente derrota Nova Zelândia

0
73
África do Sul com exibição convincente derrota Nova Zelândia

África do Sul com exibição convincente derrota Nova ZelândiaUm bis do avançado Bernard Parker permitiu à África do Sul vencer a Nova Zelândia (2-0) na segunda jornada da Taça das Confederações (Grupo A).

Um resultado que limpa um pouco a imagem dos homens de Joel Santana, após o decepcionante nulo com o Iraque, no encontro de abertura da Taça das Confederações. Apesar do mérito desta vitória indiscutível, os sul-africanos ficaram a dever a si próprios alguns golos mais, que poderiam fazer muita falta em caso de desempate com o Iraque, na última jornada. Apesar do intenso domínio, quer na posse da bola como também no número de remates ao alvo os donos da casa não marcaram muitos golos.

A equipa da Nova Zelândia, posicionou-se no terreno, impondo um sistema superdefensivo. Tendo-se apercebido que o seu adversário lhe era superior e que tinha a necessidade de ganhar e por muitos, os campeões da Oceania, fize ram alinhar 8 ou nove homens na rectaguarda, na tentativa de evitar a repetição da goleada, sofrida frente à Espanha.

Perante uma Nova Zelândia que confirmou todas as fragilidades demonstradas na goleada com a Espanha, a África do Sul assumiu cedo o controlo das operações, com três homens em destaque: o méd o Pienaar, que tanta falta fizera no primeiro jogo, o lateral-esquerdo Masilela, e o goleador Parker, herdeiro de Benni McCarthy.