ACP de Pretória e Casa Social da Madeira festejaram com grande entusiasmo a entrada em 2015

0
69
ACP de Pretória e Casa Social da Madeira festejaram com grande entusiasmo a entrada em 2015

Dando continuidade a uma tradição de longa data, e à semelhança do que anualmente vem acontecendo, a comunidade lusa de Pretoria voltou a festejar à sua boa maneira a noite de passagem de ano, com autêntica explosão de alegria na ACPP e na Casa Social da Madeira, na esperança do novo ano que entrara, seja nos diversos âmbitos de felicidade para todos, votos formulados à meia-noite pelos que ali conviviam, perante os estrondos com a abertura das garrafas de champanhe oferecidas pelas direcções dessas colectividades, para o tradicional brinde da meia-noite.

 Enquanto na ACPP a festa nessa noite decorria como ultimamente tem acontecido em dois locais e se prolongou até madrugada com a presença de mais de setecentas e cinquenta pessoas, no salão nobre e abrilhantada pelo “El Bimbo Disco”, e em aposentos destinados ao restaurante Continental animada pelo “DJ Shorty” de Marco Gaspar, e  “DJ Tino Puga”; na Casa Social da Madeira e ao que nos foi dito, a música para a enchente estimada em cerca de novecentas pessoas, esteve a cargo do “DJ Manny”  (Black Lace).

 Prestes a chegar à meia-noite, dirigiu-se na ACPP aos presentes para a mensagem de fim-de-ano, o presidente da Direcção, Américo Pimentel, baseando as suas pala-vras em agradecimentos aos que escolheram essa Associação para a sua passagem de ano, ao grupo de senhoras e comissão de festas que decoraram o salão, constituído por Carla Ferreira, Graciosa Ferreira, Fátima Moutinho, Arminda José, Tina Pimentel, Annelise, Dylan e Leandro Jorge; à equipa que na cozinha, liderada por Gerald, confeccionou toda a comida para essa noite, não esquecendo em reconhecimento a ajuda que para esta festa, e outras que ao longo do ano ali decorreram, tivera dos seus colegas da Direcção, daí e com o empenho de todos, o sucesso verificado, a todos desejando um 2015 replecto dos maiores sucessos em todos os âmbi-tos.

 Na Casa Social da Madeira e perante a euforia ali vivida até ao amanhecer, foram os votos de ano novo próspero a todos os que optaram por ali festejar a noite de S. Silvestre, dirigidos em palco pelo proprietário da discoteca que ali actuou, com a festa a conhecer praticamente sempre muita alegria, num salão bem decorado para essa passagem de ano, onde também sobressaiu o sortido de iguarias escolhido para o “self-service” do jantar.