Acidentes ferroviários custam ao Estado sul-africano 213 milhões de randes em indemnizações em três anos

0
117

A empresa estatal de caminhos de ferro PRASA (Passenger Rail Agency of South Africa) desembolsou mais de 213 milhões de randes em indemnizações às vítimas de acidentes de comboio durante os últimos três anos fiscais.

 A revelação consta de uma resposta parlamentar apresentada por escrito quarta-feira no parlamento pelo ministro dos Transportes, Blade Nzimande.

 O governante adiantou que desde Janeiro deste ano, a Prasa já indemnizou mais de 12.5 milhões de randes.

 Citado pela SABC, Blade Nzimande diz que nos últimos três anos financeiros, cerca 2.000 pessoas ficaram gravemente feridas ao tentar atravessar lihas de caminho ferro em campo aberto ou pelas cancelas, enquanto que 48 morreram nas mesmas circunstâncias.

 O ministro atribuiu a causa dos incidentes a vários factores nomeadamente falha humana, roubo e vandalismo do equipamento de sinalética e violação das regras de trânsito por parte de motoristas.