39° Aniversário da Associação Portuguesa do Kwazulu Natal

0
119
39° Aniversário da Associação Portuguesa do Kwazulu Natal

A Associação Portuguesa do Kwazulu Natal comemorou o 39.º aniversário da sua fundação com uma cerimónia que contou com a presença de sócios, familiares e comunidade portuguesa em geral.

 O presidente da colectividade, Jorge Borges, ao dirigir-se aos presidentes referiu  “que a APKZN tem passado alguns momentos não tão fáceis, mas graças aos seus presidentes e membros da Direcção, têm ultrapassado todas a dificuldades. É de sa-lientar a dedicação dada ainda hoje em dia por Joaquim Lopes, um dos membros fundadores e presidente da Direcção em 1992 e 1993.

 Não importa o que seja a missão, assim como os fundos fi-nanceiros para manter esta associação e satisfazer os membros da nossa comunidade. Encontram uma ma-neira para continuar com esta casa da comunidade portuguesa, principalmente atra-vés do compromisso e dedicação dos seus sócios e não sócios que sempre dão o seu apoio.

 Celebraram 39 anos como uma família. Também foi o primeiro ano que cantaram à APKZN e as emoções foram inacreditáveis.

 Para planear, organizar, dirigir e presidir uma associação deste tipo não é fácil, especialmente quando é um chefe de família e proprietário duma empresa, mas é com muito orgulho que o presidente Jor-ge Borges e os membros da Direcção actual, Fernando Sampaio, Shelly Fernandes, Nicoline Tiltman, Joaquim Lopes, Judite Borges, Viriginia Figueiredo, Liliana Leite, estão sempre dispostos com a máxima dedicação, dia após dia, semana após semana para manter esta maravilhosa casa. Assim como os membros da Assembleia Geral, Getúlio Ferrão, Luísa Vieira e Ernesto Ferreira.

 Esta associação é casa, é família, é trabalho, é desporto, é fé, é um sonho de portugueses que quiseram trazer um pedaço do nosso querido Portugal para formar uma realidade na cidade onde o nosso grande navegador Vasco da Gama passou o dia de Natal a caminho da rota para a Índia.

 Aos passados e presente presidente, aos membros da Direcção e da Assembleia Geral, sócios, funcionários e membros da comunidade formulamos votos para que continuem a trabalhar e procurar o melhor para a Associação Portuguesa do Kwazulu Natal. O principal objectivo é dinamizar as actividades sociais, desportivas e culturais, promovendo a integração da comunidade portuguesa e sul africana.

  Viva a APKZN”.

A Associação Portuguesa do Kwazulu Natal é uma instituição que oferece grande diversidade de opções sociais, culturais e desportivas, tendo sido fundada em 1975 por portugueses na cidade de Durban.

 Foi em Julho de 1975 que teve lugar uma reunião das comissões do Clube Português do Natal e da União Recreativa de Cultura e Benificência Portuguesa do Natal.

 As referências datam de 1975 e a ideia foi fundar uma instituição que agrupasse todos os portugueses de todas as províncias de Portugal e dos arquipélagos da Madeira e dos Açores. Também foi nesta data a concessão dum terreno pela câmara municipal de Durban, situado em 5 Wright Place, Carrington Heights onde foi construída a nova séde, o campo de futebol e a esplanada.

 Nesta instituição existe a possibilidade de praticar diferentes actividades desportivas, futebol, tenis, basquetebol, ginástica, ping pong, etc.

 Na parte cultural o Grupo Folclórico Regiões de Portugal e APN constituído por membros das várias regiões de Portugal onde se destacam alguns menores. Participam em festivais na província assim como em diferentes cidades na África do Sul.

 Festejam-se diferentes festas ao longo do ano entre as quais destacam-se o festival do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, festa do Fim de Ano, Natal das Crianças Órfãos, Dia da Mãe, Dia do Pai, e outras.

 Tem um restaurante com comidas típicas portuguesas e um bar sempre em funcionento.