120 anos de Salazar

0
127
120 anos de Salazar

120 anos de Salazar120 anos de Salazar: desilusão com democracia pode explicar saudosismo do governante. Mais de um século depois do nascimento de Salazar, investigadores defendem que a desilusão com a democracia justifica um certo saudosismo entre alguns sectores da sociedade: para uns a explicação está na crise, para outros é um fenómeno comum no pós-ditadura.

António de Oliveira Salazar nasceu há 120 anos no Vimieiro, Santa Comba Dão, localidade cujo presidente da câmara inaugurou em plena comemoração do dia 25 de Abril, um largo com o nome do ditador. Trinta e cinco anos após a “Revolução dos Cravos”, o jornalista Fernando Dacosta,  autor do livro “As Máscaras do Salazar”, acredita que actualmente Salazar “volta a dominar o imaginário dos portugueses”.

“Hoje, instalou-se uma insegurança muito grande, a nível de empregos, nas ruas, o que faz crispar as pessoas. A democracia não deu resposta capaz àquilo que se ambicionava que ela iria trazer, e faz parte da natureza humana: as pessoas voltam-se então para um passado recente, onde dominava a segurança”, argumenta o especialista.