O Século Online

Roxo Law

Paramount Trailers

Século Triweb Printers

Entregue cheque dos 100.000 randes doados pela Câmara Municipal de Viseu ao Lar
29-Ago-2016
Entregue cheque dos 100.000 randes doados pela Câmara Municipal de Viseu ao Lar

A Academia-Mãe com o seu périplo pela Comunidade Portuguesa de Joanesburgo voltou às suas origens de apoiar os restaurantes e clubes portugueses por esta metrópole do ouro. A paragem de quinta-feira, 25 de Agosto, foi no Restaurante Portugal em Bruma, onde estiveram presentes 26 compadres e comadres.

 Neste almoço o ponto alto foi a entrega do cheque de 100.000 randes à presidente da Sociedade Portuguesa de Beneficência, Isabel Policarpo, por parte do compadre Silvério Silva em nome do presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, que fez a doacção quando em Maio visitou as instalações da  instituição em Joanesburgo.

 Este convívio viu também o regresso do presidente da Academia, José Contente, aos comandos dos almoços, este que esteve de férias em Portugal.

 Os compadres e comadres foram recebidos com bebidas aperitivas, como é habito e com uma entrada de dobrada. Este petisco provocou vários comentários referentes à sua boa qualidade.

 O almoço foi aberto cerca das 13h30 com o presidente a soar o badalo, símbolo da tertúlia e a pedir ao compadre Silvério Silva para que desse o “tom” do brinde “Gavião de Penacho”. O presidente José Contente deu as boas-vindas a todos os presentes e agradeceu ao compadre honorário João Carreira por ter dirigido os almoços e ao compadre Vasco de Abreu por ter sempre estado presente na reco-lha dos fundos e no registo das presenças.

 Foi nomeado para “carrasco” da tarde o compadre Joaquim Pinho, logo após o que foi ser-vido o primeiro prato da sopa, caldo-verde. Depois do primeiro prato ter sido levantado da mesa, o presidente soou o badalo e usou da palavra. Informou os presentes de que durante a sua estada em Portugal esteve com a organização do Congresso Mundial das Academias do Bacalhau e que estão confirmadas as presenças em Estremoz de entre vinte e cinco a trinta Academias de todo o Mundo.

 O compadre presidente organizador pede as folhas de inscrição para que possa ter números concretos para dar às empresas de catering e serviços de restauração.

 José Contente informou também os presentes de que esteve em Vilamoura, no Algarve, com o presidente hono-rário de todas as Academias, compadre Durval Marques e esclareceu o que foi contado referente ao seu acidente.

 Na sua residência no Porto,  o compadre Marques tropeçou, caíu alguns degraus e fracturou algumas costelas. “Portanto, não foi nada a ver  e a celebrar o golo do Éder no europeu, porque quando o golo aconteceu, ele estava nas urgências do hospital”, afirmou o presidente Contente. “Ele lá dá umas voltinhas a pé por Vilamoura e está a recuperar bem”, conclui Contente.  Mais acrescentou que o compadre Marques e a sua esposa estarão no congresso mundial em Estremoz e que as coisas para o evento estão muito bem encaminhadas.

 Com isto, José Contente pediu para que fosse servido o prato do “fiel amigo”. O bacalhau foi levado para a mesa, assado com batatas assadas e coberto de pimentos verdes e vermelhos assados, tudo sobejamente regado de azeite.

 Durante o prato principal muitas foram as gargalhadas que se ouviram em torno da mesa e o som de várias conversas paralelas pontuou o ambiente. Uma prova semanal de que a Academia-Mãe é ponto salutar de amizade e companheirismo em torno do bem-fazer.

 Findo o prato principal, que foi bastante elogiado em torno da mesa do almoço, com o peixe bem demolhado e assado de forma a que não estivesse seco, o presidente deu a palavra à comadre Analisa Lousada. A comadre informou novamente todos os presentes de que ainda havia alguns lugares para o jantar de gala referente ao espectáculo do conjunto musical “Símbolos de Esperança” no Wanderers Club. Informou também que o Magusto 2016 no Lar Santa Isabel irá decorrer de 25 a 27 de Novembro deste ano.

 A palavra foi também dada à comadre honorária Isabel Policarpo, que informou os presentes de que o próximo almoço da Academia, na quinta-feira,  dia 1 de Setembro, será no Lar da Rainha Santa Isabel em Albertskroon e que contará com a presença da cônsul-geral de Portugal em Joanesburgo, a comadre Luísa Fragoso.

 Aproveitando este momento, o compadre Carlos Silva, anunciou que seria feita uma entrega especial, ao que o seu irmão, o compadre Silvério Silva entregou prontamente à comadre honorária Isabel Policarpo, presidente da SPB, o já referido cheque de cem mil randes.

 “Agradeço muito o donativo do presidente da Câmara de Viseu, pois estamos a necessitar de carpetes novas na sala de estar do primeiro andar do Lar e agora já temos fundos para renovar a sala. Muito, muito obrigado, isto é tudo para a nossa obra do Lar e os nossos residentes agradecem muito”, declarou a comadre Policarpo.

 “Foi um grande prazer ter o presidente da Câmara de Viseu connosco, quando nos veio cá visitar. Este cheque é prova de que a nossa obra tem muitíssimo valor e é reconhecida por todos”, conclui.

 José Contente informou também os compadres presentes de que o compadre Jorge Simons trouxe ao convívio um quadro comemorativo referen-te à conquista de Portugal do título de campeão europeu de futebol. O valor do quadro é de 5.000 randes e logo na tarde foram vendidos quatro dos referidos quadros cuja parte do preço reverte para a Academia-Mãe.

 O presidente pediu ao compadre Carlos Silva para dirigir algumas palavras aos presentes e o compadre copatrocinador da tarde afirmou “Amigos, estamos em casa, agradeço a presença de todos aqui hoje e foi muito bom tê-los em torno da mesa deste almoço que eu e o meu irmão, compadre Silvério patrocinámos. Espero que o almoço te-nha sido do agrado de todos”, concluiu.

 Em seguida foram contadas algumas anedotas para entretenimento de todos os presen-tes e por fim, a palavra final da tarde foi dada ao “carrasco”, compadre Joaquim Pinho. As “multas” e “castigos” foram aplicados e o almoço foi en-cerrado com o entoar do refrão da Marcha da Academia e com o “Gavião de Penacho” final.

 Vários compadres permane-ceram no restaurante a apreciar os digestivos e a jogar às cartas.

 

 
             
Coloque a sua publicidade aqui
Século Triweb Printers
Roxo Law
Blue Sky
Coloque a sua publicidade aqui
Século Triweb Printers
Roxo Law