O Século Online

Roxo Law

Paramount Trailers

Século Triweb Printers

Grupo Século distinguido com o Prémio de Mérito Empresarial
04-Dez-2017
noticias_destaque_4_dezembro_2017_02.jpg

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana realizou na passada segunda-feira, 27 de Novembro, no Merriott Hotel, em Lisboa, o seu jantar de gala anual com entrega de prémios empresariais, numa cerimónia que teve como convidados de honra o ministro português da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e a embaixadora da República da África do Sul na capital portuguesa, Mmamokwena Gaoretelelwe.

 Anfitrião da gala, o presidente da Direcção da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana, Carlos Miguel Oliveira, salientou os apoios financeiros da CCILSA e referiu que as relações entre Portugal e a África do Sul são boas mas aquém do seu grande potencial económico.

 O orador destacou igualmente a importância da cooperação entre todas as entidades e prestou homenagem aos dois anteriores presidentes da CCILSA, Enrique Santos e Manuel Tarré.

 Na sua intervenção, o ministro da Economia, Caldeira Cabral, deu ênfase ao bom desempenho actual da economia portuguesa e elogiou o trabalho ddesenvolvido pela CCILSA no incremento das relações comerciais entre os dois países.

 Numa nota pessoal, o ministro referiu que a sua mãe trabalhou na Embaixada da África do Sul em Lisboa e que ele viajou amplamente por este país da África Austral.

 Seguiu-se a cerimónia da entrega de Prémios Empresariais, tendo a CCILSA atribuído ao Grupo Século o Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Comunicação Económica. A distinção, cuja entrega coube à embaixadora da África do Sul fazer, foi recebida pela comendadora Paula Caetano, presidente do Conselho de Administração do Grupo Século.

 

* DISCURSO DA PRESIDENTE DO GRUPO SÉCULO

 

 Ao agradecer o Prémio atribuído pela CCILSA, a comendadora Paula Caetano proferiu as seguintes palavras, a que acrescentou algumas revelações sobre a fundação da Câmara de Comércio Luso-Sul-Africana:

 

“Senhor Ministro da Economia

Senhora Embaixadora da África do Sul,

Senhor Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana,

Senhoras e Senhores participantes nesta Gala Anual da CCILSA

 

 Ao agradecer o Prémio com que a CCILSA quis distinguir o Grupo Século, gostaria hoje de fazer história sobre a fundação da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana e contar um pormenor que não é do conhecimento público.

 Na sua edição de 22 de Outubro de 1979, O Século de Joanesburgo abriu a sua primeira página com a seguinte manchete: “URGENTE A CRIAÇÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO LUSO-SUL-AFRICANA”.

 A ideia entusiasmou o senhor Carlos Oliveira, que liderava em Joanesburgo o departamento de Marketing da South African Airways para a Comu-nidade Portuguesa e pai do nosso anfitrião de hoje, ao ponto de enviar essa mesma edição do Século ao delegado da SAA em Lisboa, senhor Orlando Damásio.

 Como uma mais valia para a SAA - que então tinha voos directos entre Lisboa e Joanesburgo e que passou a ser a transportadora aérea das missões comerciais da Câmara -, Orlando Damásio transformou a ideia em projecto e apresentou-o ao embaixador da África do Sul na capital portuguesa, que lhe deu o seu inteiro apoio. E assim foi criada poucos meses depois, logo em 1980, esta Câmara de Comércio e Indústria, hoje já com 37 anos de actividade ao serviço das relações empresariais entre os nossos dois países.

 Chegado ao ano crucial de 1993, quando o sentimento generalizado entre a comunidade portuguesa era o de regresso a Portugal devido ao avolumar da conflitualidade político-social, o Grupo Século dá um sinal de confiança no futuro da África do Sul, adquirindo em Fevereiro as instalações onde se encontrava como arrendatário na Baixa de Joanesburgo. Em Junho desse mesmo ano, num almoço promovido em Lisboa pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana, o Pre-sidente Mário Soares apela ao empresariado para investir na África do Sul, e em Outu-bro Nelson Mandela é agraciado no Palácio de Belém pelo Presidente da República com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

 Nessa sua deslocação a Lisboa, sete meses antes de ser eleito como primeiro Presidente da África do Sul demo-crática, Nelson Mandela visita as instalações da CCILSA, então na Avenida da Liberdade, e foi de lá que quis transmitir uma mensagem de tranquilidade aos portugueses radicados na África do Sul, afirmando “Fiquem e ajudem-nos a construir uma nova África do Sul. Contribuam para o estabelecimento da democracia no nosso País”.

 E nós lá estamos: com o Século de Joanesburgo, que é o único semanário da diáspora portuguesa em todo o continente africano, e uma empresa gráfica, que é hoje uma das maiores da África do Sul.

 Ao senhor director do Jornal O Século de Joanesburgo, Rogério Varela Afonso, meu querido amigo, quero dizer que este Prémio também é seu e de toda a equipa que dirige com tanta dedicação, inteligência e persistência, semana após semana, e que se empenham e trabalham arduamente para que todas as segundas-feira, bem cedo, o jornal esteja nas bancas.

 Em 2013, ao celebrarmos as Bodas de Ouro do jornal fundado em Junho de 1963, oferecemos aos nossos leitores uma edição com mais de 2.000 páginas, que encerra uma retrospectiva daquela que foi a história da Comunidade Portuguesa da África do Sul nos últimos cinquenta anos.

 Pessoalmente, acompanhei de muito perto as actividades da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Sul-Africana durante o período em que o meu marido, o Comendador Horácio Roque, desempenhou as funções de Presidente da Assembleia Geral desta instituição. Hoje, passados quase oito anos que assumi a liderança do legado empresarial que nos deixou, dedico à sua memória esta distinção que a CCILSA quis atribuir ao Grupo Século.

 Muito obrigada”.

 

* OITO PRÉMIOS DE MÉRITO EMPRESARIAL

 

 Os galardões atribuídos pela CCILSA foram oito e contemplaram as seguintes empresas:

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Serviços Financeiros – Caixa Geral de Depósitos (recebido pelo dr. Francisco Cary - administrador da CGD com o pelouro internacional)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Comunicação Económica – Grupo Século (Século de Joanesburgo/Século Printers) – (recebido pela comendadora Paula Caetano – presidente do Conselho de Administração do Grupo Século)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Serviços – Novo Mundo Travels – (recebido pelo comendador Silvério Silva, accionista principal e presidente)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Empreendedorismo – Tim Vieira (participante no Shark Tank português)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Investimento – Vivian Regina – (recebido por José Cruz, presidente e acionista)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Exportador – Corticeira Amorim (recebido pela administradora dr.ª Luísa Amorim)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Indústria – Lusitânia Fisheries (recebido pelo presidente e accionista Gastão Fernandes)

 * Prémio de Mérito Empresarial na categoria de Inovação – CR Moulds (o presidente e acionista principal, Joaquim Rodrigues).

 A encerrar a cerimónia, falou a embaixadora da África do Sul, que salientou a importância do bom relacionamento entre os dois países e felicitou os premiados, frisando que eles são os actores que fazem as coisas acontecer.

 Por fim, salientou o papel desempenhado pela CCILSA.

 Como mestre de cerimónias, esteve Sandra Correia, responsável pelo sector de Relações com Clientes, da Leadership Business Consulting, que abriu o jantar e agradeceu aos patrocinadores e a todos os presentes pela sua participação.

 Associaram-se ao evento os participantes na missão em-presarial da CCILSA da África do Sul a Portugal, que decorreu entre os dias 27 e 30 de Novembro.

 Foram eles o vice-ministro do COGTA (Corporate Governance and Traditional Affairs), Obed Bapela, o rei da tribo Ndebele e presidente da Assembleia Nacional dos Líderes Tradicionais no Parlamento sul-africano, Nkosi Sipho Mahlangu, CEO da United Royal Kinship Holdings (empresa de investimentos das Casas Reais), Groovin Nchabeleng, apresentadora da TV, modelo e actriz com o seu próprio Talk Show, Makgofe Moagi, e ainda Yamkela Makupula, da Price Waterhouse Coopers, Bhekwa Gift Manyanga, empresário da Bhekwam Holdings, anteriormente CEO do FNB Easy Plan, Lebeko Mphelo, CEO da Woosh, plataforma de pagamentos electrónicos e consultor de in-vestimentos estratégicos, Khuliso Muthivi, director de Aplicações do Departmento de eGovernment, do Governo Provincial de Gauteng, Char-les Goodes, director de In-fraestuturas do Departmento de eGovernment, do Governo Provincial de Gauteng,  Ma-singita Mathebula, empresário e comentador com programa televisivo, Thobeka Ndabula, CEO da Cultunet Foundation e empresário, Renier Roets, CEO da Kontinental Africa Magazine e do YourTribe, fundador do Twenty3 Media Con-sulting, Luis Figueiredo, CEO e accionista da AllthingsHome e investidor, Célia Figueiredo, CEO da Decor Republic, Luis Ferreira, proprietário das Adegas Franchise e Restaurantes,  Gastão Fernandes, CEO e proprietário da Lusitânia Fisheries (barcos de pesca e fábrica na Cidade do Cabo), Silvério Silva, CEO e proprie-tário da Novo Mundo Travels, e  José Cruz, CEO da Vivian Regina.

 

* VISITA AO PARLAMENTO

 

Na terça-feira, dia 28 de Novembro, a delegação da África do Sul almoçou no Palácio de S. Bento e foi recebida na Assembleia da República pelo presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros, deputado Sérgio Sousa Pinto, e pelo presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-África do Sul, deputado Sérgio Azevedo.

 

Edição Impressa

Capa do Jornal

Procurar

Inquéritos

Que temas mais lhe interessam?
 

Newsletter







Blue Sky

Consulte o Século desportivo

Roxo Law
             
Blue Sky
Coloque a sua publicidade aqui
Século Triweb Printers
Roxo Law
Blue Sky
Coloque a sua publicidade aqui
Século Triweb Printers