O Século Online

Roxo Law

Paramount Trailers

Século Triweb Printers

Benfica empata no terreno do Rio Ave e salta para o terceiro lugar
28-Ago-2017
sport

Sporting e FC Porto tiraram partido do empate entre Rio Ave e Benfica (1-1) para, vencendo Es-toril-Praia (2-1) e Sporting de Braga (1-0), respectivamente, assumirem à quarta jornada a liderança conjunta da I Liga de futebol.

  ‘Leões’ e ‘dragões’ são os únicos que somam o pleno de vitórias, com um total de 12 pontos – com igual diferença de golos e vantagem para os ‘verde e brancos’ por terem mais um golo marcado -, e dobrada a quarta jornada seguem na lide-rança, com dois pontos de vantagem sobre Benfica e Rio Ave.

  Em Alvalade, os três pontos foram garantidos através de uma decisão do vídeo-árbitro (VAR), que invalidou um golo ao Estoril-Praia, aos 90+4 minutos, e permitiu ao Sporting segurar o triunfo por 2-1 e concretizar o pleno de vitórias na I Liga.

  Os golos dos ‘leões’ foram marcados por Gelson Martins, aos quatro minutos, e Bruno Fernandes, aos 11, mas a cinco minutos do final do encontro, aos 85, o Estoril-Praia reduziu para a diferença mínima por Lucas Evangelista, naquele que foi o primeiro golo sofrido pelo Sporting na prova.

  Nos descontos, o árbitro Luís Godinho, avisado pelo VAR, anulou um golo ao holandês Bas Dost, por fora de jogo de Piccini, e um outro ao Estoril-Praia, por posição irregular de Pedro Monteiro, numa decisão que nos segundos que demorou a ser tomada ‘gelou’ Alvalade.

  Em Braga, uma entrada fulgurante permitiu ao FC Porto chegar à vantagem pelo mexicano Jesus Corona, aos sete minutos, golo que valeria a conquista dos três pontos frente à equipa ‘arsenalista’ e o assalto à liderança partilhada com o Sporting.

  O encontro assinalou ainda a extensão para 360 minutos do recorde pessoal sem sofrer golos do guarda-redes espanhol Iker Casillas, naquele que é o seu melhor início de época de sempre, e o regresso à competição de Ricardo, após lesão.

  O Boavista alcançou a sua primeira vitória na I Liga ao bater o Desportivo das Aves, por 1-0, no Estádio do Bessa, num jogo de fraca qualidade, mas que permitiu à formação ‘axadrezada’ deixar o último lugar.

  O defesa central brasileiro Raphael Rossi, aos 58 minutos, marcou o golo que deu os primeiros três pontos ao Boavista e que acabou por constituir o ponto alto de uma partida pobre e em que os visitantes terminaram com dez unidades, devido à expulsão do avançado Derley, aos 69 minutos.

  Com os três pontos conquistados, o Boavista passou a lanterna-vermelha ao Desportivo das Aves, que soma apenas um ponto, tal como o Desportivo de Chaves, e subiu ao 14.º posto, à frente de Paços de Ferreira e Moreirense, ambos com dois pontos.

  A quarta jornada da I Liga de futebol encerra hoje,  segunda-feira, com o jogo entre Portimonense e Marítimo.

 
             
Blue Sky
Século Triweb Printers
Roxo Law
Coloque a sua publicidade aqui
Blue Sky
Século Triweb Printers
Roxo Law