O Século Online

Roxo Law

Paramount Trailers

Século Triweb Printers

Sporting com vitória difícil em Setúbal segue na Taça de Portugal
19-Dez-2016
Sporting com vitória difícil em Setúbal segue na Taça de Portugal

Sporting, com uma vitória difícil na quarta-feira por 1-0 em Setúbal, e Benfica, que bateu no Restelo o Real Massamá, por 3-0, seguem em frente na Taça de Portugal de futebol, apurando-se para os quartos de final.

  Numa altura em que a prova já não tinha o FC Porto, os dois 'grandes' de Lisboa ficam com o caminho mais facilitado, já que o dententor do troféu, o Sporting de Braga, ficou em 'estado de choque', ao perder em casa com o secundário Sporting da Covilhã, por 2-1.

  Além dos serranos, também o Leixões fica com honras por afastar um primodivisionario, o Tondela, batido no estádio do Mar por 2-1.

  Quando ainda falta o Vitória de Guimarães - Vila-franquense, também marcam presença nos 'quartos' Chaves (3-2 ao Torreense, fora), Estoril-Praia (4-2 à Sanjoanense, após prolongamento) e Académica

(1-0 ao Penafiel).

  Três dias depois do dérbi da Luz, Sporting e Benfica cumpriram o que se esperava deles, com os 'leões' a demonstrar algum desgaste em Setúbal.

  Foi preciso esperar até aos 75 minutos para que o Sporting se adiantasse e chegasse à vitória, com o golo do internacional Bas Dost.

  No estádio do Restelo,  casa 'emprestada' ao Real de Massamá, o Benfica foi claramente mais forte que o adversário e, sem forçar, chegou ao 3-0.

  O grego Mitroglou (47 e 81, este de grande penalidade) e o mexicano Raul Jimenez (85) fizeram os golos da vitória natural do campeão nacional.

  Caiu mal' a derrota caseira dos bracarenses, que chega uma semana depois do afastamento da Liga Europa, e José Peseiro foi muito contestado pelos adeptos 'arsenalistas'. O técnico não compareceu na conferência de imprensa e, entretanto, reuniu-se com o presidente do clube.

  Os bracarenses, quartos posicionados no campeonato, sofreram de facto uma eliminação 'impensável', atendendo ao facto de os visitantes serem 11.ºs na II Liga.

  Wilson Eduardo abriu para o Braga aos três minutos, dando o mote para o que se antevia uma vitória fácil - mas não foi, o maliano Diarra empatou aos 28 e o brasileiro Davidson, aos 65, completou a inesperada reviravolta.

 

 
             
Século Triweb Printers
Coloque a sua publicidade aqui
Roxo Law
Blue Sky
Século Triweb Printers
Coloque a sua publicidade aqui
Roxo Law